MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

Pesquisar este blog

Carregando...

Why sô

Não me avejo não
Resolvo do meu jeito,
Passarinho que se espanta
E bate asa, faz barulho ;
Ponha o ninho em perigo.


Why sô, mineir (o) fala estrangeir(o,)
Espia só que na cozinha dá casa
Só chega quem é companheiro.
Não sou muito sabido,
Mas aprendi e relevar muita coisa;
Quem sabe viver não leva nada em conta.

Não se aveje não
Meu pai bom mineiro ressabiado,
Me ensinou que prato quente
Se come pelas beirada,
No meio é sempre mais quente.

Não se aveje não
Quem matou a onça
Não tem medo do couro.
Quem já enfrentou furação
Não tem medo de garoa.

Não fale mal da companheira e dos amigo
Só tem valor quem já comeu comigo
O pão que o diabo amassou
E serviu sem passar no fogo.

Não se aveje não
Sou neto de um bom mineiro
Com ele aprendi a ficar desconfiado
E assuntar tudo primeiro:
O que tá sombrando, coisa boa não é.
O trem tá feio, mas não arrede o pé.

J.Nunes



Postagens populares

Arquivo do blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea