Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Sociedade do prazer sem limites



A sociedade contemporânea
É semelhando o namorado atrevido,
Primeiro quer por a mão,
Logo quer mamar,
Depois quer mais em baixo,
Daqui a pouco quer tudo que dá prazer...

Não podemos saciar todos os nossos desejos;
Eles são a degeneração e o próprio inferno no homem...
É preciso se agüentar gente!
É preciso mortificações, açoites e penitencias!

Isso não é masoquismo! Pelo amor de Deus...
Apesar de eu estar mais para masoquista que sofre em suas mãos.

Abílio Santana
J.Nunez



A LIBERAÇÃO DA MACONHA E OUTRAS LIBERAÇÕES...

Sociedade da liberação


Não quero nada liberado,
Eu quero a coisa proibida,
Perigosa, reprimida e criminosa...
Mais que mania a sociedade do prazer tem de querer tudo liberado!

Sexo liberado, maconha liberada ,
Droga liberada, pornografia liberada,
Homossexualismo liberado,
Choro de homem outras viadagens liberada,
Comportamentos de mulheres liberados...

Para que liberar!? Se proibido é mais gostoso...
E ainda preserva essa boa e velha hipocrisia
Que estrutura a sociedade...

Se Adão e Eva fosse pós-modernos
Não existiria o pecado original; liberamos tudo...

A mulher conquistou seu espaço socioeconômico e liberou o sexo,
O homem não encontra estímulo para viver com tanta demanda de sexo fácil...

Vou conquistar mais o que!
O sexo disfarçado de amor por mulher era todo o meu estimulo.
Estamos em um mundo em que pré-adolescentes
Estão deixando de ser virgens gratuitamente,
E estamos achando tudo muito normal...

Salomão Alcantra
J.Nunez

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Mulher Pós Moderna, Homem Pós Moderno

 
Eu não sou dessas!...
Nem uma mulher contemporânea deve ser dessas!
Sou independente social e economicamente...
Sou livre para fazer sexo sem amor,
Sou livre para amar e fazer amor...
A noite para mim é uma criança
Sem precisar que eu seja uma puta...
Eu não sou dessas!
Comida eu compro pronta...
Roupas eu mando lavar e passar...
E solidão eu aplaco com sexo quase pago.
Eu não sou dessas mulheres para casar e fazer filhos nelas...
Eu não sou mulher para um homem só...
Sou mulher imitação de homens e suas liberdades.
Não gosto desses homens quase gay que são imitações de mulheres...
Mas essa imitação nos homens é viadagem...

Salomão Alcantra
J.Nunez

Divulgue acessando:
http://literaturaimparcialista.blogspot.com

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA