Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 6 de agosto de 2011

Poesias e poetas Imparcialistas

Um poema quase site pornô

A poesia Miscigenação e Instinto Sexual
Do poeta Octávio Guerra,
Parece um site pornô:
“Gordinha, magrinha, negra,
Mulata, branca, asiática, loura, ruiva...
Isso é instinto de miscigenação no homem.”

Salomão Alcantra
J.Nunez

http://literaturaimparcialista.blogspot.com/2011/08/miscigenacao-e-instinto-sexual.html

Miscigenação e instinto sexual

Miscigenação e instinto sexual

O homem em seu instinto sexual
É um instrumento da miscigenação.

Um homem em seu instinto
Sexual não possui ideologia racista, nem política racial
E não faz apologia a raça que não existe.

Um homem em seu instinto sexual
Desejas as mulheres, todas elas,
Ruivas, brancas, negras, asiáticas, mulatas, latinas...

Homem deseja mulher, seja ela:
Gordinha, magrinha, negra,
Mulata, branca, asiática, loura, ruiva...
Isso é instinto de miscigenação no homem.
Qualquer homem honesto com seus instintos confessária
Mesmo que a si mesmo...que gostam de todas as mulheres....
A história do Brasil revela o que digo agora:
Miscigenação e instinto sexual.

Octávio Guerra
J.Nunez



sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Imagem dias dos pais e poema: Pai aos olhos do filho


Pai aos olhos do filho
Quando papai ainda era jovem
Era o meu herói que passou pela provação de ser pai,
Porque pai aos olhos dos filhos não é qualquer homem.
Quando meu pai tinha meia idade
Eu, filho adolescente, o aprova e reprova,
Porque ele não era mais o meu herói,
Meu herói agora era os outros,
Que bebia, fumava, jogava e brigava,
Eu o aprovava e reprovava
Mesmo que os meus critérios de adolescente
Não fosse coerente com a realidade de ser pai.
Só fui saber o certo e o errado
Quando cheguei á condição de pai.
Pai quando maduro, é fruto de ter sido pai,
Pai que errou como ser humano,
Pai irrepreensível em sua conduta,
Pai exemplo de homem e ser humano,
Pai sereno, grave, austero,
Sábio como um velho patriarca,
Pai que amaremos pela simples condição
De ser pai, nosso pai.

J.Nunez





Sociedade nivelada, mundo contemporâneo, sociedade do consumo, sociedade do prazer e das liberdades irracionais...


A Sociedade Nivelada pela Sociedade do Consumo

Perseguição de pessoas públicas,
Disque denúncia para jogadores de futebol,
Isso é simplesmente uma estupidez de pessoas
Que não sabem que futebol é só entretenimento.

Site para avaliar se professores são carrascos ou mamatas,
Isso é a estupidez da liberdade de expressão,
Isso é a irracionalidade do nivelamento da sociedade contemporânea,
Isso é a destruição total das hierarquias, da ordem,
Isso é deixar a educação a critérios de uma geração
Formada para o prazer e o consumo, isso é reduzir a cultura,
A educação e os professores a produtos que podem ser descartados
E avaliados segundo os caprichos do mercado consumidores de “cursos”.

Isso é o cúmulo do nivelamento da sociedade contemporânea,
Da liberdade de manifestação,
Isso é o absurdo daquilo que chamava democracia.
A liberdade da sociedade pós-moderna é o nivelamento de tudo,
Essas manifestações são malvadas, destrutivas e desconhecem
Qualquer ordem ou hierarquia, essa manifestações faz vítimas e destrói
A liberdade de expressão e elimina o livre-arbítrio,
Esse tipo de manifestação é fruto de uma sociedade nivelada
E com base apenas no consumo, no prazer e no entretenimento.

A liberdade pós-moderna é um conceito estúpido de liberdade,
Porque é liberdade inconsequente por parte de quem
Expressa seu direito de manifestação,
E nefasta para quem é vitima da expressão da liberdade inconsequente do outro.

A sociedade pós-moderna nivelou a cultura de tal modo
Que os representantes das classes sociais com maior acesso a cultura significativa
Está consumindo produtos da indústria de cultura comercial
Produzida para todos, isso é a democracia da estupidez e da ignorância...

Salomão Alcantra
J.Nunez


quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Poesia sobre imediatismo, mundo reality show, mundo pós-moderno

Mundo Pós-Moderno
O mundo se tornou um reality show
Guerra de poder,
Ataque cibernético,
Pirata virtual,
Tagarelices online,
Crise mundial, mundo globalizado,
Sexo para todos os gostos...
Nada é segredo...

Foi notícia no Jornal:
“Homem paga motel para transar com a amante
E cartão de crédito avisa no celular da esposa”
Nada é segredo...

Câmeras em todas as esquinas filmando cenas crimes,
Sexo, tráficos, drogas, flagras,
Abuso de poder, roubos, acidentes, imprudências,
Imoralidades, indecências, reality shows,
Inversão de valores, fraudes...
Nada é segredo...

Tudo é notícia ou meras tagarelices midiáticas,
A celebridade sem calcinha,
O artista diz que é gay
É mais alarmante que o mundo á beira de um colapso
Cultural, social e econômico...
São as tagarelices virtuais,
Tudo é notícia, nada é segredo....

Salomão Alcantra
J.Nunez

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

POESIA E IMAGEM DE AMOR: Sobre a luz de um grande amor.



Francisco Medeiros poeta conservador dos bons costumes, da moral, da coerência com a vida, da dignidade, da caridade cristão e da decência , qualidades que ainda são manifestadas no ser humano, mesmo neste tempo de liberdade sexual e sexo casual. Este poeta é vítima da inversão de valores e das degenerações sexuais e morais que são vistas hoje como progresso e evolução. Representa os que na sociedade mesmo sem manifestar sua opinião são inflexíveis. Estas virtudes que se vê neste poeta, é na verdade fruto de uma dura disciplina, está conduta perfeita não é gratuita, é uma constatação de que este é o melhor caminho para a humanidade. O conservadorismo é contrario as conceitualizações que busca desvalorizar o que está estabelecido como certo e construir conceitos e verdades que são favoráveis as sua fraquezas e degenerações.



Sobre a luz de um grande amor
Sobre a luz de um grande amor
Eu vivo em seus olhos,
Eu renasço em seu beijo,
Eu me descubro em nós.

Sobre a luz de um grande amor
A vida é eternidade,
O tempo não existe,
 As noites frias são de aconchego.

Sobre a luz de um grande amor
Temos esperança de tempos melhores,
Todos os sonhos são singelos,
 Em todos os dias um grão de beleza,
Em todos os dias a razão de viver

Sobre a luz de um grande amor
As dores são suportáveis,
As tristezas são menores,
As alegrias chegam logo
E a beleza e a caridade são possíveis

Francisco Medeiros
J.Nunez


Escola como Criança Esperança e Affroreggae é a pior do Rio no Ideb 03/08/2011 - iG

Raphael Gomide, iG Rio de Janeiro


O Complexo Rubem Braga, no Morro do Cantagalo, em Ipanema, abriga o Espaço Criança Esperança, da Rede Globo, o AffroReggae, o projeto Dançando para não Dançar e o Ciep Presidente João Goulart, da Secretaria Municipal de Educação.
Já visitaram o local, inúmeras vezes, o prefeito Eduardo Paes, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a presidenta Dilma Rousseff e o governador Sérgio Cabral. A primeira-dama da França, Carla Bruni já esteve no complexo, que recebe visitas diárias de turistas estrangeiros.
O conjunto de favelas Cantagalo/Pavão-Pavãozinho recebeu R$ 71 milhões em obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), um elevador panorâmico que virou ponto turístico e uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora), instalada em 2009.
Paradoxalmente, apesar da permanente atividade cultural, da estrutura, da projeção e da atenção política, a escola municipal de Ipanema foi a que teve pior desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) entre as 970 avaliadas da rede municipal do Rio, 1,8 nos anos finais do Ensino Fundamental.
No ano anterior, a nota havia sido 3,7. Na Prova Rio, feita em 2010, o resultado também foi ruim: 3,6, deixando a João Goulart em 683º, ainda no pior terço das escolas municipais.
Nos anos iniciais do Ideb, resultado também decepcionante: é a segunda pior nota, 3,1, entre os colégios do município; no Ide-Rio (Índice de Desenvolvimento de Educação Rio), teve a 960ª posição, com 3,4.
“O espaço aqui é bom, a única coisa que estraga é a escola. O resto é legal”, disse a aluna Rayane Santos, 13.
“Os professores não passam muito as coisas. Não me surpreende em nada essa nota. É ruim. Os alunos não prestam atenção, por isso não sabemos nada. Os professores saem da sala quando os alunos estão fazendo bagunça. Só às vezes tem dever de casa. A aula é boa, mas os alunos bagunçam. Depois da refeição, todo mundo joga tangerina, fruta, um no outro, jogam comida debaixo da mesa, pegam a colher e a fazem de catapulta para jogar arroz...”, conta Joice Santos.
A entrada da João Goulart é uma porta de vidro, ladeada por uma bandeira do Brasil em um mastro. Dali, vêem-se uma escada com corrimão e, à direita, andaimes, carrinhos de transporte de material de obra, uma escada desmontável e tapumes – provavelmente restos de uma obra recente.
A cinco metros da porta da escola está o projeto Criança Esperança, da Rede Globo; a outros 10 metros, o projeto Dançando para não Dançar; no andar de baixo, o grupo cultural Affroreaggae. Na sexta-feira (29), um grupo de cerca de 30 estrangeiros estava no local, rotina quase diária desde a instalação do elevador.
Caroline Corrêa, 14 anos, estudou na escola João Goulart até a 3ª série, mas saiu porque “não estava aprendendo nada”. Foi para a Escola Municipal Roma, uma das mais bem colocadas no município, com Ideb de 5,4 nos anos finais, o triplo da nota do ex-colégio. “É muita diferença”, disse Caroline.
A australiana Ruth Hienna, que mora no Rio há um ano e fala bem português, visitava o espaço na sexta-feira (29), disse que a situação é curiosa.
“É curioso, mas nem tão surpreendente. Há muito preconceito no Brasil, muita desigualdade. O governo não está nem aí para a educação. Se a economia está bem, então está tudo ótimo. Mas educação é chave para um país. Parecem estar fazendo o mesmo que a Austrália: evitam educar os aborígenes para não perderem poder”, disse Ruth Hienna, de origem afro-aborígene.
A secretária de Educação, Cláudia Costin, afirmou ao iG que o mau resultado da João Goulart, divulgado em julho de 2010, também deixou todos no órgão “chocados”, por conta do “ambiente cultural rico” que cerca a escola.
A secretaria mudou a direção e a coordenação pedagógica da escola este ano e instituiu uma série de programas de reforço e estendeu o horário de funcionamento para sete horas diárias

A educação sem investimento e o discurso pedagógico.


"Folha - O construtivismo parece funcionar muito bem em escolas particulares, mas, nas públicas, não seria melhor adotar o método fônico?

Weisz - Eu diria que é exatamente o contrário. Para os alunos das escolas particulares, que me desculpem suas esforçadas professoras, qualquer forma de ensinar funciona. Eles vêm de ambientes onde a escrita é muito presente tanto do ponto de vista da existência de material impresso como das práticas sociais que a envolvam. São os alunos das classes populares, que estudam na escola pública, que sempre fracassaram, e são eles que precisam de um atendimento mais dialógico."


Contextualizando a notícia com o artigo imparcialista

A educação sem investimento e o discurso pedagógico.


Pedagogia liberal, Pedagogia progressista
E outras que estão ainda para ser inventadas.
São todas muito bem elaboradas,
Porém o que sempre vai
Prevalecer é o interesse político e social
Do Governo na educação.

Pedagogia liberal, Pedagogia progressista;
Qualquer uma delas funcionária em um país
Que não possui o pensamento
E o sentimento de colônia de exploração,
Em qualquer país que seu povo sabe o valor da educação
Do professor e do desenvolvimento humano,
Em qualquer país que não seja de:
Bundas,
Fio dental,
Futebol, mulata,
Loiras fazendo papel o estereotipado de mulata,
Carnaval e seus dias de hipocrisia,
Progressão continuada,
Bolsa família e outras esmolas,
Em qualquer país que não sustenta
Seus pobres sem consciência política
Com esmolas trocadas por votos e reeleições.

As teorias pedagógicas são muito boas:
Divide as culpas, tira o foco da solução dos problemas
E levar a discurso para bem longe da solução,
E assim não atormentar o governo.
A solução da educação
Sempre esteve ali onde todo mundo sabe;
No investimento na educação.

Um exemplo de escola que não dá certo
É a escola de tempo integrar feita
Com 40 e tantos alunos depositados o dia inteiro
Dentro de uma sala de aula.
Não é essa a escola de tempo integral da proposta pedagógica,
É claro que não vai dar certo!

J.Nunez

citação acima:
http://citacoesacademicas.blogspot.com/2011/07/telma-weisz-construtivismo-entrevista.html

LITERATURA E CONTEXTO

Temas contemporâneos,
literatura e contexto literário

Movimento literário Imparcialismo:
literatura e contexto, pesquisa para a literatura pós-moderna, Literatura, letras, holística, estudo sociocultural, artigos, trabalhos acadêmicos, poesia, literatura imparcialista, métrica, cronopoema, bucolismo urbano, pseudônimos, literatura contemporânea, J.Nunez, poetas imparcialistas,literatura experimental, artigos imparcialistas, estudos literário de um novo contexto, teoria literária etc

A literatura imparcialista
 Movimento Literário Imparcialismo: O propósito desse Movimento é criar o novo contexto para a literatura, para assim formar a literatura para o novo contexto; a literatura que seja a leitura do homem contemporâneo, com seus medos, suas aflições, suas dúvidas, seus pensamentos, seus sentimentos, seus conflitos, suas condutas, sendo assim, a Literatura Imparcialista busca a arte objetiva.



terça-feira, 2 de agosto de 2011

POESIA DE AMOR:São flores que dizem por mim...

São flores que dizem por mim...

Chave, segredo, caminhos e atalhos,
Estou à porta dos seus sentimentos
Procuro a chave do seu coração,
Não sei o segredo para te conquistar,
Não sei qual a chave para entrar na sua vida,
Não sei os caminhos e os atalhos que levam ao seu coração.

O que trago comigo são ornamentos que tenho na alma,
São flores que dizem por mim,
Versos roubados de um poeta,
Desejo que escondo no olhar distante,
Sinceridade e amor que são meus valores mais caros.
O que eu tenho são humanidades desvalorizadas
Nesse tempo de sentimentos sem compromisso,
O que eu tenho e trago comigo são coisas perdidas
Ao longo do caminho que não percorri.

Estou à porta do seu sentimento
E não sei se o seu coração está comprometido,
Tudo que eu sei é que estou aqui...
E não sei como posso chegar à casa de uma pessoa estranha
Aos meus sentimentos de amor incontido...

José Nunes Pereira
J.Nunez

A poesia de amor clássico imparcialista é a poesia que conserva a essência do humano.

Poesia e imagem para o dia dos pais: Papai e homem moderno.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A educação sem investimento e o discurso pedagógico.

"Folha - O construtivismo parece funcionar muito bem em escolas particulares, mas, nas públicas, não seria melhor adotar o método fônico?
Weisz - Eu diria que é exatamente o contrário. Para os alunos das escolas particulares, que me desculpem suas esforçadas professoras, qualquer forma de ensinar funciona. Eles vêm de ambientes onde a escrita é muito presente tanto do ponto de vista da existência de material impresso como das práticas sociais que a envolvam. São os alunos das classes populares, que estudam na escola pública, que sempre fracassaram, e são eles que precisam de um atendimento mais dialógico."


A educação sem investimento e o discurso pedagógico.

Pedagogia liberal, Pedagogia progressista
E outras que estão ainda para ser inventadas.
São todas muito bem elaboradas,
Porém o que sempre vai
Prevalecer é o interesse político e social
Do Governo na educação.

Pedagogia liberal, Pedagogia progressista;
Qualquer uma delas funcionária em um país
Que não possui o pensamento
E o sentimento de colônia de exploração,
Em qualquer país que seu povo sabe o valor da educação
Do professor e do desenvolvimento humano,
Em qualquer país que não seja de:
Bundas,
Fio dental,
Futebol, mulata,
Loiras fazendo papel o estereotipado de mulata,
Carnaval e seus dias de hipocrisia,
Progressão continuada,
Bolsa família e outras esmolas,
Em qualquer país que não sustenta
Seus pobres sem consciência política
Com esmolas trocadas por votos e reeleições.

As teorias pedagógicas são muito boas:
Divide as culpas, tira o foco da solução dos problemas
E levar a discurso para bem longe da solução,
E assim não atormentar o governo.

A solução da educação
Sempre esteve ali onde todo mundo sabe;
No investimento na educação.

Um exemplo de escola que não dá certo
É a escola de tempo integrar feita
Com 40 e tantos alunos depositados o dia inteiro
Dentro de uma sala de aula.
Não é essa a escola de tempo integral da proposta pedagógica,
É claro que não vai dar certo!

J.Nunez


citação acima:
http://citacoesacademicas.blogspot.com/2011/07/telma-weisz-construtivismo-entrevista.html

A sociedade pós moderna e suas características....

A sociedade formada para o consumo, o prazer e o entretenimento

A sociedade do espetáculo de Guy Debord,
Sociedade do nivelamento,
Sociedade em que aluno, professor, avós, pais e colegas
São todos tratados segundo a falta de limites da geração
Que perdeu todos os valores para serem apenas geração do consumo,
Do entretenimento, do prazer e do sexo fácil.

A sociedade do sexo virtual,
Amor virtual, amizade virtual,
Mentira virtual, especulação virtual, traição virtual, guerra virtual...
Sociedade reality Show,
Sociedade dos possibilitas, dos sem talento, dos sem vocação,
Dos artificiais, dos superficiais, dos exploradores e explorados
Por novas formas de exploração,
Dos explorados pela midia com seus shows de horrores,
Da pobreza produto explorado pela mídia
Que faz da desgraça e da miséria alheia
Um produto de entretenimento, prática de bondade e caridade
Capitalista e televisiva...

Sociedade dos entretenimentos acima de tudo,
Sociedade de religião de padres adaptados ao seu tempo,
Sociedade da conceitualização de tudo,
Sociedade mercado consumidor e consumo de tudo,
Sociedade ilusão de progresso,

Sociedade de homens e mulheres desconfigurados em sua essência de ser.
Sociedade das tecnologias e da fome do mundo,
Sociedade arena romana,
Das violências sem arena, ou tudo é a arena romana.

Das violências e dos crimes virtuais, das afrontas televisivas,
Das violências a ética, a fé, a moral e a índole.
Sociedade da crítica de tudo da difamação de tudo...
Nada está estabelecido como verdadeiro, natural e bom.

Salomão Alcantra
J.Nunez

domingo, 31 de julho de 2011

Poesia Esotérica Imparcialista



Amor universal e Cristo cósmico

O Cristo e o amor universal
Está em tudo que é criação de Deus,
O Amor universal é a virtude mais sublimes dos homens,
O Cristo cósmico é o toque do criador no humano,
Os dons e as virtudes são dádivas
Que está onde não esperamos...
O amor, o Cristo, os dons e as virtudes
Nos assombrarão porque serão encontrados
Nos corações sem rompantes,
Nos lugares sem ostentações,
Nas pessoas singelas e assombrosamente lindas
De alma, virtudes e coração...

Se eu tivesse o mérito de encontrar com o Cristo
Eu queria encontrá-lo na igrejinha mais singela,
Mais humilde que há sobre a terra,
Se eu tivesse o mérito de escutar o verbo divino
Eu gostaria que fosse no templo da humildade
Onde habita a verdadeira espiritualidade.

Se eu fosse merecedor de escutar o verbo divino
Gostaria que fosse numa solidão intima,
Na pobreza de materialismo
E na solidão absoluto de homens;
Somente eu e meu Cristo, num encontro pleno de eternidade,
Onde o amor universal é a única religião.
No fogo do amor universal preparo meu coração
Para esse encontro com o Cristo Cósmico.

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA