Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Aqui é o país do futebol e não da educação...





País do futebol

O Brasil investe em Copa do Mundo
E abandona a educação, a segurança e a saúde...
Naturalmente! Aqui é o país do futebol!

Aqui não é o país
Da educação, da segurança e da saúde...
Desculpe pela franqueza!
_Você está no país errado...

Salomão Alcantra
J.Nunez

Sexo legalizado..na sociedade do prazer e do entretenimento sexual


Legalização de tudo

Vamos legalizar tudo...
Ir ao puteiro
Será igual ir comprar pão na padaria da esquina...
A prostituta, não desculpe! A profissional do sexo  
Presta seu serviço e você comprar....
Serviço com selo de qualidade!

Casa do sexo!
Sem mistério, sem marginalização, sem segredos
Sem exclusão, sem fascínio, sem medos...
Tudo legalizado pelo governo.
Que receberá sua parte,
O governo será uma espécie de cafetão.

Albano Morais
J.Nunez

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Sociedade da deformação de tudo e da desvalorização humana,


                      Poeta José Nunes Pereira 


Eu, Informe

Tenha suas fraquezas,
Desejos e vícios com discrição,
Que ninguém se importa!
O mundo será sempre melhor assim, discreto.
Seja reservado e elegante
Que o mundo te acolherá com o silêncio e o respeito
Dado pela sua própria condição humana.
Não confesse seus pecados aos homens;
Eles não se suportam informes...

Os seres humanos necessitam de formas...
O informe mata a estrutura pela qual nos identificamos,
O informe é o caos estruturado por um amontoado
De pedaços e substancias, e ele não é identificável,
Por que não possui estrutura fora da desordem,
Existe, porém inconsciente de si porque lhe falta forma...

A deformação para compor o caos  
É o labirinto da inconsciência de ser
Da humanidade contemporânea.

A sociedade da deformação é a desordem caótica
Tomada como ordem do caos...
Porque o caos é a forma, a deformação é a forma,
O desmontado e o deformado é a forma
E o inverso é inverso de si mesmo na sociedade contemporânea,
Porém impossível de se ver nele estrutura, funcionamento e forma...

Assim também é a arte plástica contemporânea,
Informe e inconscientes de seu tempo,
E nessa inconsciência é que a encontramos dentro desse contexto,
E representando esse tempo de deformação.

Murilo Santiago
J.Nunez

A leitura do mundo contemporâneo - A Poesia Imparcialista


Temas contemporâneos: Imediatismos, violência, sexo, altruísmo, consumismo, desvalorização, desinformação....


Possibilismo Imediatista

De repente se cria um astro da música e da televisão,
De repente um craque de futebol,
De repente a comida feita, comprada feita,
De repente um novo amor...
De repente ela está nua (eu ainda nem sei o seu nome)
De repente a música do momento,
Esquecida para sempre na outra semana.

De repente à moda, o corte de cabelo da celebridade,
De repente a mais nova bunda e mais nova musa...
De repente um astro descartável e virtual,
De repente uma crise globalizada,
Uma cultura do consumo globalizada,
De repente a verdade ao seu gosto,
De repente o novo produto no mercado...
De repente a confissão de ser gay,
De repente uma nova crueldade; ninguém mais se espanta.
De repente a uma nova teoria...
De repente liberdade para todos...

De repente alguém esquece de colocar calcinha,
De repente o novo milagre da ciência,
De repente a nova dieta milagrosa,
De repente um arrastão em apartamentos,
De repente alguém é morto roubado e estrupado à luz do dia,
De repente a famosa em flagra encenado,
De repente um novo milionário que troca de mulher amante e amigos,
De repente o mais novo escândalo na política,
Esquecido com o próximo escândalo...
De repente aluno mata dentro da sala de aula,
De repente a nova doença, a nova epidemia
De repente a ejaculação precoce, a impotência precoce...
De repente a nova droga, o remédio do momento,
Tudo é notícia na sociedade do entretenimento...
Sociedade da desinformação da informação...

De repente ela me coloca cornos,
De repente ela vai embora;
 Fica grávida de alguém, e não sabe quem...
Com tanto sexo a disposição

Abílio Santana
J.Nunez

quarta-feira, 27 de junho de 2012

A leitura do mundo contemporâneo - A sociedade das teorias...


Casa de Doido

A sociedade contemporânea 
Vai ao psicólogo,
O psicólogo também vai ao psicólogo.

O mundo se tornou casa de doido...
E todos com razão! 
Em um tempo de teorização de tudo....

Salomão Alcantra 
J.Nunez



Neoliberalismo e sexo


Mercados do sexo

O Neoliberalismo liberou o mercado,
Agora a sociedade das liberdades, prazeres e entretenimentos
Querem, e os mercados de produtos e serviços necessitam,
Que libere toda forma de amor e sexo
Para alimentar o capitalismo e o consumismo.
Destruímos todos valores e conhecimentos milenares  
E dignificamos tudo com conceitos de igualdades, diversidade e inclusão.

Octávio Guerra
J.Nunez 

terça-feira, 26 de junho de 2012

A sociedade contemporânea e sua liberdades e inclusões


Sociedade das teorias

Na sociedade dos direitos,
Prazeres e inclusões:
Verdades ou mentiras
São agora racismos,
Preconceitos e exclusões...
Depende muito mais
De que lado você está...

Essa é a sociedade
Em que todos os grupos
Clamam por liberdades e inclusões...
Verdades são as minhas verdades:
A verdade confortável para meu grupo...
Com teorias santificamos e dignificamos tudo!

Albano Morais
J.Nunez 

A arte, a música e a literatura contemporânea e o alheamento....(A Nova Arte)




















A Nova Arte
Crítica sem puritanismo e moralismo:
O sexo na televisão,
Na música e nas mídias
É um alheamento total do individuo
De sua realidade interior
De sua realidade social, ambiental e política...
Que se reflete a arte e na literatura contemporânea.

A música perdeu a função com as conotações sexuais...
A arte perdeu o sentido com as abstrações,
Que não possui conexão
Com a realidade do homem e seu tempo...
A arte e a literatura para nosso tempo deve ser a leitura
E a compreensão desse tempo histórico.

Octávio Guerra
J.Nunez  

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA