Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Civilização e civilizados contemporâneos


Civilizados contemporâneos

Civilizado... Grande coisa! Qualquer um é civilizado
Na sociedade do entretenimento sexual e do prazer...
Sociedade civilizada?
Na sociedade que desconhece fronteiras
Todos são civilizados!
Selvagens, levianos, frouxos, violadores,
Degradantes, bestiais, lunáticos,
Lascivos, viciados, doidos, pederastas,
Exibicionistas, vil, frívolo, drogados,
Abusadores, imorais, desumanos, depravados, cafetão e putas;
São todos civilizados!

 Albano Morais
J.Nunez

Geração sem fronteira, geração sexo fácil.....


Geração sem fronteiras

Pais distantes e leis inconscientes
Que nivelam adultos e crianças.
Começamos derrubando a fronteira
Da educação e do respeito entre pais e filhos,
Agora não temos nem uma fronteira,
Somos a sociedade da integridade arrombada.

Sociedade em que alunos e alunas
Assediam professores em sala de aula;
Alunos que não conhece qualquer fronteira entre eles e os outros,
Entre os lugares e os eventos,
Como se tudo fosse à reprodução de uma mesma coisa,
Entretenimentos, libertinagens e desordens.

Minha tia Armelinda:
Tia velha, beata e virgem até uns dez anos atrás,
Também foi deflorada;
Esse tempo não perdoa ninguém.

Salomão Alcantra
J.Nunez

Será que eu, por acaso, teria direito a Cota Universidade?




COTA  UNIVERSIDADE
Julgando pela minha IMAGEM;
Será que eu teria direito a cota universidade?
Fora minha cara de mulato tem mais:
Não tomei Toddy quando era criança,
Nan muito menos,
Não tinha um quarto só para mim,
Papai Noel nunca veio,
Coelhinho da páscoa só deu os cano,
Não tive festa de aniversário até os 30 anos,
Minha mãe não me levou de carro para ao colégio,
Não ganhei mesada,
Sofri bullying  na escola,
Quando a palavra nem si quer existia,
Não tive empregada, Baba! tá de brincadeira!
Não tive casa própria,
Não viajei nas férias escolares,
Nunca fui a Disney,
Meus cadernos foram dados pelo governo,
Meu lápis e borracha era dividido entre quatro irmãos,
Há!  tem mais!
Minha mãe de leite era negra.
José Nunes Pereira

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Direitos Iguias entre homens e mulheres....


Mulheres Poderosas

Os homens não querem direitos iguais,
Por isso entre as conquistas feministas
Eu incluiria a obrigação da mulher
Sustentar a casa e os homens;
Elas devem obedecer e sustentar o sistema:
Capitalismo voraz e insaciável.

Salomão Alcantra
J.Nunez

Mulheres modernas e sociedade contemporânea


Tempo Insano

Chegou o tempo de a mulher sustentar o homem,
Chegou tempo dos homens ganharem licença gestante,
Chegou o tempo de o homem obedecer ao sistema,
Chegou o tempo em que casal do mesmo sexo
São pai e mãe de filhos adotivos.
Chegou o tempo das doenças modernas,
Do sexo cibernético e da ilusão das coisas artificiais.  
Chegou o tempo de a mãe ir trabalhar fora
E o pai ficar em casa com a criança que chora querendo leite de peito.
Chegou o tempo de a mulher casar com mulher
E o homem casar com homem,
Chegou o tempo em que o sexo é entretenimento e diversão
Entre crianças, pré-adolescentes e senhoras emancipadas.
Chegou o tempo em que todas as fronteiras são rompidas;
Libertamos todos os instintos selvagens sem proibições, sanidade e limites.
Chegou o tempo de levarmos em consideração apenas o prazer,
Chegou o tempo de romper todos os hímens sociais,
Morais, éticos, religiosos, culturais...
Tempo de profanar, nivelar, estuprar e violar tudo...
 Em nome da ilusão de liberdade, que nada mais é
Que uma escrava dos instintos selvagens em um tempo insano.
Chegou o tempo de a mulher passar fins de semana trabalhando,
Produzindo, cumprindo metas e obedecendo ao capitalismo.
Chegou o tempo de a mulher mostrar o seu valor:
Trabalhar doze horas e consumir para sustentar o consumismo.
Chegou o tempo de a mulher dizer para aos homens
Com arrogância, menosprezo e ignorância,
Que elas estão no poder e que o homem é submisso...
Chegou o tempo das mulheres abandonarem homens fracassados
E escolherem seus amantes, ou ficar só e se alimentar de ilusão de poder.

Albano Morais
J.Nunez




segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Poesia Esotérica Imparcialista: Felicidade sem escravidão...

Poesia Esotérica Imparcialista: Felicidade sem escravidão...: Felicidade da Alma O individuo na sociedade contemporânea Perdeu o contato com o próprio espírito; Nem se que suspeita Que pode existir fe...

A sociedade das deformações, sociedade bacante...



Sociedade Dionisíaca  

Deformação da arte,
Deformação da sociedade,
Deformação do individuo,
Deformação das instituições;
Sociedade Bacante.

A raiz de todas as deformações
Está na sociedade do prazer e do entretenimento,
Que adora um deus que desconhece;
Dionísio, com seus prazeres autodestrutivos.

Dionísio também é a embriagues de felicidade na alma,
Mas isso é para os espíritos elevados, silenciosos e serenos.

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez


domingo, 19 de agosto de 2012

Cotidiano e globalização


Sociedade Vaporosa  ou Cotidiano Globalizado                  

A sociedade contemporânea com seus entretenimentos,
É excessivamente cotidiana, vaporosa e fútil...
Nosso dia-a-dia é globalizado e muito mais perigoso,
Nossas preocupações são incoerentes com nossa realidade,
O que nos devora não tem importância nem uma;
A não ser o fato de nos consumir durante a vida:
O futebol na TV nas tardes de domingo,
A história da novela das oito,
A notícia da celebridade descartável,
O imediatismo e as interações nas mídias,
A polêmica do momento,
O programa de televisão,
A última grande catástrofe.
As indústrias de objetos e de notícias
Quer que levemos tudo isso a sério.
Eu te garanto que nada disso tem importância!
Nada que não seja essencialmente
A nossa vida e a nossa alma pode ser levado a sério.

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez


Poesia Esotérica Imparcialista: Poesia imparcialista esotérica

Poesia Esotérica Imparcialista: Poesia imparcialista esotérica: O homem da capa abstrata Não estou disponível, A minha voz é para poucos, Com a irmandade tenho pacto de silêncio e sangue. Sou esse misté...

Sociedade dos direitos e violam direitos e inclusões que excluem outros grupos e indivíduos


Lei e sociedade do prazer

Na sociedade do prazer e do entretenimento sexual
Grupos podem violar leis, conhecimentos, virtudes e valores
E criar outros com base em seus direitos de manifestar
Enquanto pedem à destruição de tudo que for impedimento
Para as suas reivindicações.

 Na sociedade do prazer,  Indivíduos e grupos
Desejam a destruição da lei e todos os impedimentos
 E a criação de outras leis segundo seus desejos, caprichos e prazeres.

Octávio Guerra
J.Nunez

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA