Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 15 de dezembro de 2012

Estudo para a nova arte e literatura


5/12/2012

A ARTE CONTEMPORÂNEA


Arte Contemporânea

Quando falamos contra a arte contemporânea
Somos vistos como ignorantes,
Quando falamos a favor da arte contemporânea  
Corremos o risco de ser desmoralizados e ridicularizados
 Pela credibilidade que damos a falta de função  e falta de sentido
Que se perdeu no labirinto das abstrações e subjetividades
Desconectadas do realismo físico e da verossimilhança abstrata e subjetiva.

Octávio Guerra
J.Nunez

Geração sexo fácil: ficar, pegar e catar


Tô pegando

“Ficar” já foi,
Evoluímos  para “catar” e “pegar”
 Um objeto, uma coisa!
_Não, uma garota ou um garoto.
É assim que fala a geração
Sexo sem compromisso...
_“Tô pegando”...Tô catando
_ “Peguei uma doença da garota que catei”

Salomão Alcantra
J.Nunez

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Poesia para um novo contexto



Rua: 2 de junho nº 1975

Natal chegando,  ela me dispensou essa noite,
Disse “ _Não preciso mais disso...2013 será meu ano”
Ela foi para a capital
Será mamães Noel de fio dental
Na propaganda de produtos para higiene bucal,
No réveillon servirá o turismo sexual ,
Será musa quando chegar o carnaval,
Na páscoa será coelhinha da Playboy,
Depois da páscoa talvez role um filme erótico,
Uma participação na novela,
Talvez se “apaixone” por diretor cinematográfico,
Ganhe um programa na teve,
É convidada para um Reality Show,
Coloque silicone em tudo,
E se torne uma boneca inflável,
Por fim esquecerá que foi garota de programa
Na Rua: 2 de junho nº 1975.
Talvez,  ingrata e descartável,  retorne a essa rua
Onde eu e meu amigo poeta  Abdias de Carvalho,
Nos decompomos em pecados, crimes e vícios.

Abílio  Santana
J.Nunez

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Marcos Valério não quer ser o Cristo do ex-presidente: Patrimônio Nacional;


Cronopoema do dia

 Quem vai ser crucificado

Marcos Valério não quer ser o Cristo do ex-presidente:
Patrimônio Nacional;
Agora com as acusações está ainda mais a cara do Brasil
De mentalidade colonial, terra para exploração...

Joaquim Barbosa não poupa ninguém;
Lula deveria convocar todos os que recebem bolsa família,
Bolsa preso e outras assistencialismo para defendê-lo,
O presidente do partido já convocou seus militantes
Para defender o ex-presidente.

Eu também não assumo mais nada,
Não me comprometo com nada, não sei de nada,
Entrei no espírito de nosso tempo...

Salomão Alcantra
J.Nunez

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Os direitos obrigados.


Bobagem democrática

A bobagem democrática,
O cúmulo da democracia,
A ditadura democrática
É quando nos dão
O que não queremos...

É obrigar e incentivar
Que o aluno estude
Até ensino médio
Depois mandá-lo
Para cortar cana,
Catar lixo...

 Salomão Alcantra
j.Nunez

Patrimônio nacional

Cuidado Marcos Valério,
Não jogue merda no ventilador!
Vai sujar o" patrimônio nacional."

Salomão Alcantra
J.Nunez 

O Imparcialismo é impossível


O radicalismo do termo Imparcialismo

Nossos filósofos e poetas
São técnicos de futebol, homens de sucesso e capitalistas;
Eles fazem apologias à produção e ao sucesso.
Nossos ídolos e nossos deuses são indivíduos
Que representam o que é o sucesso contemporâneo,
São os ídolos e os deuses tecnológicos e motorizados.
Nossos filósofos nunca dirão que a vida
Como está sendo vivida... Não vale apena...

Os poetas imparcialistas, o Eremita do Monte Verbo
E o Velho do Restelo Contemporâneo,
Afrontam a sociedade com o imparcialismo,
Que os radicalistas das palavras dizem ser impossível...

A democracia, o cristianismo  
E o Estado Laico “ao pé da letra” também são impossíveis,
Todos os termos que envolvem dois lados,  “ao pé da letra,”
Com o radicalismo do termo, são impossíveis...

O Imparcialismo poderia ser sido chamado de possibilismo,
Porém o termo Imparcialismo é uma afronta
Que obriga o individuo a pensá-lo com impossível,
E de fato “ao pé da letra” é impossível,
Mas o imparcialismo é humano, como todo termo radical.

Salomão Alcantra
J.Nunez 

IMPARCIALISMO




O imparcialismo não é o fim do processo,
é o tempo em que colocamos as coisas na balança;
E depois optamos por uma verdade universal.

José Nunes Pereira 

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

A música comercial sexual sertaneja


A música comercial sexual sertaneja

A crítica que se faz a música
Comercial sexual sertaneja
Que é executada nas rádios, internet e televisão,
Já não é mais questão crítica,
Que se faz ao mau gosto,
Mas ao dano que algo tão
Sem importância é capaz de fazer:
Formar uma geração sem comprometimento
Sentimental e sexual e ainda viciada.

Essas músicas já não
É mais questão de mau gosto,
É uma questão de formação
De uma geração que olha para a vida
Como algo muito maior que
Cerveja, mulherada, piscina e pegação:
Temática dessa música comercial sexual.

Octávio Guerra
J.Nunez

Cerveja, mulherada, piscina e pegação... Não, não é filme pornô


Felicidade nas promiscuidades

Música comercial 
De conotação sexual,
Cerveja, mulherada, piscina e pegação...
Não, não é filme pornô
É a vida sexo por sexo,
Felicidade nas promiscuidades
Prazer pelo prazer,
Fetos que vão pelo esgoto,
Sem saber quem é o pai
E nada mais...

Albano Morais
J.Nunez

Sociedade do prazer: o sacrifício e a felicidade


A sociedade do prazer pelo prazer

É natural que o individuo na sociedade
Materialista busque “o prazer pelo prazer”,
Afinal, qual a razão para sofrer
Que dê sentido a esse mundo,
Senão “o prazer pelo prazer”...

O sofrimento pelo sofrimento,
O sacrifício em uma vida imediata
Não tem sentido!
É preciso fé em algo mais além
Para que tenhamos motivos
Para viver e suportar as dores do mundo.

A  sociedade que vive “o prazer pelo prazer”,
O sacrifício pela felicidade e o progresso terreno,
Não há sentido,  senão o prazer agora...

Na sociedade do prazer é natural romper com o sacrifício;
 Ir direto ao que interessa,  o prazer...
Para que os altruísmos se desvalorizamos
A fé, as virtudes,  a eternidade e a felicidade mais além.

A espiritualidade é a conexão do homem com suas partes internas.
As igrejas cheias de nossos dias possuem um discurso
De progresso e felicidade terrena que é coerente
Ao sentimento do homem materialista e consumista
E ainda o ilude quanto a sua necessidade de algo mais além,
Sem conectá-lo com a espiritualidade natural
Que os distanciaria das ilusões de necessidades
De um tempo capitalista e consumista.

Octávio Guerra
J.Nunez

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA