Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 23 de março de 2013

Os animais dignificam os homens.


Animais gays

Alguns animais são gays;
Essa constatação é usada para justificar
O fato de os homens serem gays.

Disseram que o Capitalismo é gay;
Não, o Capitalismo já foi gay,
 Agora é bissexual.

Os animais devoram seus filhotes;
Isso não serve para justificar
A bestialidade humana,
Somos superiores aos animais irracionais.

Salomão Alcantra
J.Nunez




Apoiar a homossexualidade é coisa de capitalistas de linha dura, que não se importam com os autênticos valores humanos. Mahmud Ahmadinejad, 


Sociedade contemporânea


Noivas contemporâneas

O sonho das moças, antigamente,
Era vestir-se de noiva.
Em nosso tempo os moços
Que se sentem como moças
Podem realizar esse sonho;
Vestir-se de noiva e casar,
E não é pecado,
Porque o Estado é Laico.

Salomão Alcantra  
J.Nunez

Sociedade e Estado Laico


Mercado Consumidor

O meu, o seu o nosso valor
Não é mais humano;
O nosso valor
É o de público consumidor.

Os crentes, os gays, os idosos,
Os católicos, os namorados, os ateus,
As crianças, as mulheres,
 O metrossexual, o alcoólatra, o viciado, o doente;
Todos possuem seu valor como público consumidor,
 Estamos todos nivelados como meros consumidores
De algum produto ou serviço.

Por isso que todos nós temos razões
Na sociedade do prazer,
Do consumo e do entretenimento...
Nossa democracia vem disfarçada
De mercado e público consumidor.

Somente o consciente de seu tempo não possui valor...
Esse é um tempo de suposto  Estado Laico.
A Igreja e o Cristianismo separados do Estado
Possibilitam todos os direitos com base
Na “democracia” e na lei dos homens
Que podem ignorar todos os dogmas e princípios religiosos,
Espirituais e bíblicos, no qual a sociedade cristã tradicional se baseou...
 Apesar de todas as aberrações ao longo da história,
Essa é a nossa balança, nosso parâmetro de sanidade
 Para não caímos na bestialidade total.

O seu valor está no que você consome,
No público consumidor a qual você pertence.
O Estado Laico constrói uma sociedade com uma só face;
A face do consumo, mascará do público consumidor.
Direito a todos para comprar, entreter, sentir prazer
 E consumir o que bem entender.

Albano Morais
J.Nunez              

sexta-feira, 22 de março de 2013

Cronopoema


Museu do Índio...

Dilma foi a Roma
Com toda pompa e luxo
Falar com o Papa Francisco,
Humilde com um pombo.

 Somos o país dá ostentação
 Somos o país do futebol,
Precisamos de Museu do futebol,
Nada Museu do Índio...

Precisamos derrubar as escolas,
Os museus, as bibliotecas e os hospitais
Para fazer Campo de Bola,
É isso que dá dinheiro.

Nada de cultura,
Nada de educação,
Nada de saúde,
Nada de segurança,
Somos o país do futebol,
É futebol que o povo quer,
É assistencialismo que dá voto;
Será que é tão difícil de entender!

Salomão Alcantra
J.Nunez



O Individuo Ornitorrinco


O Ornitorrinco

O Ornitorrinco é um animal
Que não se decidiu,
Não sabe se é pato ou pata,
Se é réptil,
Se é pássaro,
Se é um mamífero...
Só sabe que é um Ornitorrinco
Que não sabe o que é...

O Ornitorrinco se parece tanto
Com o individuo contemporânea! 

Salomão Alcantra 
J.Nunez

Movimento Literário

quinta-feira, 21 de março de 2013

Poema de amor clássico - Outono



Outono
Todos os dias sem você
É sempre outono na minha vida,
Dias curtos,  noites longas
E esse frio de solidão e silêncio...
Essa eterna estação em minha alma
É uma ponte entre o calor do desejo
E o frio da noite que tenho de aconchego...
 
A beleza dessa estação
Esta nas folhas secas pelo chão
E nessa melancolia que carrego no olhar
De amar,  e você não corresponder.
Amar sem ser amado e sofrer
É lindo e nobre aos olhos dos outros;
Nos meus olhos é um modo
 De me sentir vivo...
 
Está eterna estação em minha vida
Não matura o amor no meu peito,
Não dá frutos, não dá vida...
Apenas me faz sentir vivo...
Mesmo quando pereço morto
Como as folhas e as árvores secas
Dessa estação que passa pelas janelas...
José Nunes Pereira
J.Nunez
Minhas poesias românticas sempre
desabrocham no outono.
José Nunes Pereira

Auxilio Reclusão, Regime Semi Aberto, Regime Fechado


Prisão

Auxilio Reclusão,
Legal ou ilegal,
Essa não é a questão
O problema é que eu trabalho trinta dias por mês,
Num inferno,
Como se fosse um Regime Semi Aberto,
Tenho que voltar para casa e suportar a sogra,
Afinal, moro na casa dela...
Essa é a minha prisão no sentido figurado e literal.

A questão é que ganho menos que os companheiros
Na prisão em Regime Fechado.
Isso não pode ser nem democracia nem justiça!
Esse mundo está cada dia mais incoerente!

Abílio Santana
J.Nunez

Liberdades, limites, respeito e seriedade e a geração do consumo e do entretenimento


Bestialidade cotidiana

Em uma sociedade que há uma geração formada para o consumo,
O entretenimento, o prazer e a liberdade sem limites e parâmetros,
Em um tempo em que há uma geração de indivíduo
Que ofende a mãe um do outro, sem que
O que tem a mãe ofendida “de brincadeira”, simplesmente, não se importa,
 É de se esperar todo tipo bestialidades praticadas como coisa cotidiana.
Nada é sério é tudo uma “grande brincadeira”

Há uma, geração anterior, que luta por todas as liberdades,
Porém, ainda não perceberam que lutam
Em um terreno muito desfavorável e perigoso:
 Lutam em um tempo em que formamos uma geração
Em que é tudo uma grande brincadeira,
Um tempo de irresponsabilidade social, cultural, sexual e individual,
Em um tempo de eterna imaturidade.

Ensinamos a eles a liberdade sem parâmetros e limites;
Agora o que temos é uma geração
Na mais completa falta de respeito e sentido de vida,
 Agora queremos deles seriedade,
Especialmente nas questões de liberdades e direitos sexuais,
Estamos ao um passo da insanidade social.

Octávio Guerra
J.Nunez 

terça-feira, 19 de março de 2013

Cronopoema do Dia: Será que os protestantes, agora, serão criticados Pelas conseqüências da industrialização e do capitalismo?


Cronopoema do Dia


O Papa Francisco virou o jogo...

"O Rio de Janeiro continua lindo"
Bem! O Rio sempre dependeu
De que lado da face ele é filmado na novela,
No filme ou no jornal,
 Nas matérias de deslizamento de terra,
 Favela, mortes, no Baile Funk , crimes, pobreza etc

Veja bem! Sem gênero sexual:
Hoje você está por baixo;
Amanhã você estará por cima.
Gênero é o que os outros dizem que você é,
E você acaba sendo!

A industrialização e o capitalismo
Encontrou terra fértil no protestantismo,
Numa mentalidade que relaciona trabalho, progresso e benção de Deus,
Logo as consequências, pelo menos parte dela,
Também é fruto do protestantismo....
O catolicismo separa a  religiosidade da vida material.

O Papa Francisco virou o jogo centenário!
Agora a igreja é Franciscana, retorna a sua origem,
Ama a natureza, a humildade, a simplicidade e a pobreza...
Em um tempo que necessitamos dessas virtudes.

Será que os protestantes, agora, serão criticados
Pelas conseqüências da industrialização e do capitalismo?

Salomão Alcantra
J.Nunez

domingo, 17 de março de 2013

Relativismo de comportamento


Relativismo

Relativismo:
Festa de família contemporânea
Se faz com Stripper...

Salomão Alcantra
J.Nunez

Jesuítas Franciscanos Gnósticos.


Holística do corpo e da alma...

 O Papa é Jesuíta Franciscano,
Eu sou Jesuíta Franciscano Gnóstico,
O mundo contemporâneo
 Precisa que sejamos todos
 Jesuítas Franciscanos Gnósticos.

Franciscanos na vida,
Jesuítas na alma...
Gnósticos no conhecimento.

Franciscano em um tempo de consumismo,
Materialismo e destruição da natureza
Jesuíta em um tempo
De relativismo cultural e multiculturalismo,
Jesuíta em um tempo
De multiculturalismo que deforma...

Jesuíta que não perde a identidade
 No relativismo e no nivelamento.  
Gnósticos na Era da Informação e do Conhecimento,
Nessa hora treze do planeta.

Franciscano na humildade holístico
Que desintegra todas as verdades
Para respiramos a verdade universal
De sermos seres absorvidos pela eternidade.

As virtudes de amor, firmeza, sabedoria e conhecimento
Não é o multiculturalismo da Era da Informação
Que destrói a identidade e deforma.

Eu sou o templo de Deus,
Eu sou a natureza que me absorve,
Eu sou discípulo da verdade universal,
Da holística do corpo e da alma...

Somos muito mais que corpo,
Somos a presença de espírito
E a energia que outros sentem.

Saulo Menezes Castro
J.Nunez

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA