Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Sociedade e maldade


Sociedade anestesiada

Uma sociedade criada para comprar bens e serviços,
Para divertir e entreter com o sexo fácil e outros entretenimentos;
 É uma sociedade anestesiada, negligente, individualista,
 Preguiçosa, acomodada, sem altruísmo, conivente
E incapaz de reagir à maldade que impera.

Albano Morais
J.Nunez

A maldade impera... Porque a lei é frouxa, a autoridade não se impõe E os homens de bem são negligentes...


dentista que morreu queimada foi enterrado em SP



A maldade impara

Sociedade bestial,
Maldade sem parâmetros,
Lei frouxa, autoridade que não se impõe,
Homens de bem coniventes, reféns,
Passivos, covardes, negligentes,
Apavorados, frouxos e irresponsáveis...

A maldade impera...
Porque a lei é frouxa, a autoridade não se impõe
E os homens de bem são negligentes...

A sociedade brasileira se tornou bizarra...
Com tantas teorias que se confrontam
E ninguém consegue fazer nada,
A não ser teorizar, teorizar e teorizar...

Acreditamos que somos mais civilizados que os países
Onde há pena de morte, prisão perpétua, lei dura e menor idade penal,
Enquanto isso a maldade impera!

Albano Morais
J.Nunez

quinta-feira, 25 de abril de 2013

masculinização a mulher e feminilização o homem


Lei de Dualidade

 A dualidade é à base de nossa consciência de ser e existir.
As teorias contemporâneas, em nome de interesses comerciais e sexuais,
Não se importa nem um pouco com a destruição dessa consciência de ser e existir.
Transforma esse parâmetro em estereótipos e preconceitos,
Enquanto masculiniza a mulher e feminiliza o homem;
Isso porque é impossível fugir da Lei de Dualidade
Que nos dá a consciência de ser e existir.

Octávio Guerra
J.Nunez

feminização do homem: lingeries para homens



Marca faz sucesso fabricando lingeries para homens



Feminização do homem

Ninguém se importa se você, homem,
Usa calcinha por fetiche,
Ninguém se importa se você é viado  ou não!
O que importa é a criador mercado
E público consumidor.

Mesmo que para isso seja preciso destruir
Os nossos conceitos de ser homem, mulher ou gay.
Um fio dental não te fará gay ou mulher,
Mas que dá uma afeminada na libido dá.

Albano Morais
J.Nunez

Você viu que lindo o Estádio do Mineirão para a Copa!


Cronopoema Dia

Realidade piada

Você viu que  lindo  o Estádio do Mineirão para a Copa!
Você viu os médicos, a polícia, os bombeiros e os professores
Protestando por melhores condições de trabalho.
Você viu a escola sem teto?

 A menina feliz como se vivendo um sonho,
Disse para a professora:
_ Nossa professora! Lá em casa melhorou tanto!
_Minha mãe não apanha mais, meu pai não chega mais drogado,
Estamos comendo todos os dias!
Professora: _ O que aconteceu?
_ Seu pai encontrou Jesus?
 _ Seu pai está bem empregado?
Aluna: _ Não professora!  Meu pai foi preso!

É a nossa realidade cotidiana,
Que no Brasil parece piada.
O brasileiro já prefere receber assistencialismo a trabalhar,
Agora está descobrindo que ficar preso
Dá mais que trabalhar trinta longos e cansativos dias.
Também está descobrindo que Seleção Brasileira de Futebol
Não consciência política.

Salomão Alcantra
J.Nunez

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Poesia sobre o mundo contemporâneo

Os Imparcialistas
A poesia Imparcialistas e os poetas Imparcialistas constroem a literatura para a leitura do contemporânea.

O propósito dos poetas Imparcialistas é o engajamento na arte objeta, contextualizada com a atualidade brasileira e ao contexto globalizado. 
 Estudantes e pesquisadores que desejam fazer trabalho sobre Os Imparcialistas entre em contato com o poeta criador do Movimento Literário Imparcialismo.




contatos:
 j.nunez@bol.com.br
imparcialismo@gmail.com

Blogs:
http://literaturaimparcialista.blogspot.com.br/

http://cidadedemarilia.blogspot.com.br/

https://www.facebook.com/josenunespereira.nunes.7

https://twitter.com/jnunespereira



José Nunes Pereira

terça-feira, 23 de abril de 2013

Os Imparcialistas


Meus signos

Marte na primeira casa,
Os astros dizem que estou mais violento,
Mais Albano Morais.

Quando sou sutil,
É por que tenho medo de não ser aceito,
Ou porque quero estar à venda...feito uma puta,
Mais Abílio Santana.

Muitas vezes é Vênus, 
Deusa do amor e da beleza,
 É quem está mandando...
Meus poetas Imparcialistas  são sim!
Meus signos, meus astros e minhas casas astrológicas
Na leitura do novo contexto.

A ocasião faz o ladrão,
Não seria possível criar o Imparcialismo
Se eu fosse filho da burguesia...
Quem é favorecido não tem do que reclamar.
 Faço da minha insignificância e condição matéria prima.

Sem querer ser Marxista ou Socialista,
Mas conheço o capitalismo e a industrialização na prática:
Produzir, atingir metas de produção para enriquecer o patrão
Foi no mínimo estúpido!
  
Albano Morais
J.Nunez

Sistema de Educação Miojo


Educação Brasileira

Sistema de Educação Miojo
Sem efetividade,
Imediatista
E não sustenta...
Reflexo da sociedade contemporânea.

Salomão  Alcantra
J.Nunez

É preciso ser extremante Punk Para não ser usado pelo capitalismo, Que reduz tudo à mercadoria descartável.


Extremante Punk  

O capitalismo possibilista
Possui o dom de transformar tudo em mercadoria.
Fale mal desse sistema que seu pensamento e sua arte
Não poderá ser usado.

O capitalismo não vai arriscar uma autodestruição,
No entanto, sua arte não será comercializada e patrocinada.
O reconhecimento é uma possibilidade incerta e em longo prazo.

É preciso ser extremante Punk  
Para não ser usado pelo capitalismo,
 Que reduz tudo à mercadoria descartável.

Octávio Guerra
J.Nunez

A vulgarização, o relativismo, O nivelamento de tudo, o niilismo



Jogado pérolas aos porcos.


(Mateus 7:6) "Não dêem o que é sagrado aos cães, nem atirem suas pérolas aos porcos; caso contrário, estes as pisarão e, aqueles, voltando-se contra vocês, os despedaçarão". 


A cultura comercial,
A bobagem democrática,
A ditadura democrática,
 A vulgarização, o relativismo,
O nivelamento de tudo, o niilismo
Em um tempo em que nada é sagrado,
Tudo pode ser adulterado e moldado
E tudo pode ser reduzido  
Em público consumidor e produtos
Para atender o capitalismo
E o sistema com base no consumismo:
Jogamos pérolas aos porcos!

Há indivíduos que simplesmente não querem ser incluídas!
É preciso respeitar!

Albano Morais
J.Nunez

A cultura industrializada, Comercial e descartável...


Uma Cidade sem Teatro

Uma cidade sem teatro mata a cultura,
O público com senso crítico,
A educação e os artistas engajados.

Prevalecem, nessa cidade, os modismos,
 A cultura industrializada,
Comercial, consumista e descartável...

Octávio Guerra
J.Nunez

domingo, 21 de abril de 2013

Deus, diabo, música e condutas


O Poder da Música

A música tem o poder
De elevar e bestializar a sociedade,
Atualmente exerce o poder de bestializar plenamente...

Houve um tempo em que os homens
Tinham Deus e o Diabo como espelho e referência,
Atualmente temos os animais como espelho e referência
Para justificar e dignificar nossas condutas.

Octávio Guerra
J.Nunez

O Animal e Super-Homem





O Animal e Super-Homem

"O homem é corda estendida entre o animal e o Super-Homem : uma corda sobre um abismo; perigosa travessia, perigoso caminhar, perigoso olhar para trás, perigoso tremer e parar. O grande do homem é ele ser uma ponte e não uma meta : o amável no homem é ele ser uma passagem e um acabamento. 
Eu só amo aqueles que sabem viver como que se extinguindo, porque  são esses os que atravessam de um para o outro lado."
Nietzsche

O homem é uma ponte entre o animal e o Super-homem,
Porém o homem preferiu se prende aos animais para dignificar suas condutas.

Putaria entre animais para dignificar seres humanos
Animais gays para justificar os homens gays,
Incesto entre animais para justificar incesto entre seres humanos,
Crueldade entre animais para justificar selvageria entre seres humanos,
Deixamos de considerar o sentido superior do homem,
E nos tornamos animais meramente sexuais e consumistas.

Sou o mais ácido dos poetas Imparcialistas, eu sou Albano Morais.

Albano Morais
J.Nunez 

Poesia Imparcialista: Um Caminho Interior


Poesia para arejar a alma

Poesia, depois de tantos anos a fio
Perdi as grandes pretensões,
E a poesia se tornou
Apenas minha janela para arejar a alma,
E esgoto, também para arejar a alma.

Ultimamente, mais expurgatório que janela,
Naturalmente mais ácido
Como velhos que perdem as ilusões...

Minha poesia não é dinheiro no bolso,
(Que não seria nada mal)
Minha poesia não é página impressa,
Minha poesia não é nem sucesso nem fracasso,
Minha poesia se tornou  uma necessidade fisiológica,
Um caminho interior.

A ilusão é um espelho no qual me vejo,
Porém não é a verdade, ou a mentira dos outros sobre mim.
Estou em muitas versões,
Porém a que mais me agrada é essa esotérica e Imparcialista

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA