Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 22 de junho de 2013

Morte aos esteriótipos brasileiros

Morte aos esteriótipos

Morte aos velhos esteriótipos alienadores!
Que dá muito lucro as grandes corporações....
Que inventam ídolos para servir de ferramenta
A uma aberração social,
Que são os valores pagos a jogadores de futebol,
Pagos a custa da idiotização
E da alienação de uma geração inteira!

Albano Morais
J.Nunez

O CINISMO POLÍTICO NOS DIAS DE PROTESTO

O Cinismo Político

O cinismo político deseja aliar se
 E usar a força dos protestos
Contra eles, para eles e seus partidos.

Quando o que o povo deseja
É uma mudança radical
Uma renovação completa
Na política, na educação, na justiça,
Na cultura, nas leis e na mentalidade brasileira,
 Estagnada pelos mesmos estereótipos alienadores...


José Nunes Pereira

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Governo vai monitorar para saber de onde está saindo os protestos

Governo vai monitorar para saber de onde está saindo os protestos,
Já que não temos um líder  na era das redes sociais...
Não temos partidos, não somos de direita ou de esquerda,
O que temos é o desejo de bem comum, o melhor para todos!
Somos Os Imparcialistas.

O vandalismo nos protestos...

O vandalismos e os saques
Que se vê nas ruas nesses dias de protesto
É o nosso mesmo vandalismo de cada dia,
Mas, é também um pouco do grito de revolta.

O vandalismos e os roubos é a nossa condição natural,
Com uma diferença:
Nossos ladrões e bandidos estão aproveitando os protestos...
Esse bandidismo dá muita força para os políticos desvirtuar
Toda a consciência política dos cidadãos que fazem o  protesto...

Os políticos podem desvirtuar o protesto
Com o bandidismo que eles  mesmos criaram
Com seus descasos históricos com a educação,
 A cultura, a cidadania, o direito, a inclusão e a justiça social.

José Nunes Pereira



Um protesto de um milhão De pessoas lá nas ruas...

Acordamos

Hoje eu acordei
Com um protesto de um milhão
De pessoas lá nas ruas...
Balas de borrachas atravessaram minha janela,
A fumaça invadiu a casa,
Os cachorros se escondem dos estrondos de rojões e tiros...
Os carros nas ruas, as mídias maquiadoras da notícia,
Os estabelecimentos comerciais
E as repartições públicas estão expostas
Ao vandalismo de bandidos oportunistas...
A polícia faz seu trabalho mal pago.

Na televisão jogadores de futebol,  pretensiosos, falam bobagens
Com a intenção de alimentar o estereótipo do “país de chuteira”
Chuteira para chutar a bunda dos corruptos...
 Para fora da Casa do Povo.

Hoje eu acordei
Com uma mulher dizendo que me ama,
Com filhos pedindo seu leite,
Com filhos pedindo escola,
Com pais pedindo médico,
Com polícia e professores pedindo condições para trabalhar,
Com cidadãos pedindo o fim da corrupção,
Comigo pedindo o fim dos estereótipos de povo passional,
 Negligente, inocente, frouxo, ridículo, selvagem, preguiçoso
No país puteiro do mundo...
Hoje acordei assustado com o povo brasileiro,
Hoje acordei feito um touro furioso...e vou para as ruas.

O que quebrou essa janela
Não foi a bola dos meninos lá na rua,
Foi bala de borracha, foi pedrada, paulada...
Os estragos do vandalismo e os milhões de pessoas nas ruas
 Traduzem a insatisfação e o tamanho do nó
Que estava entalado na minha garganta.

Hermínio Vasconcelos
J.Nunez




quinta-feira, 20 de junho de 2013

O Sustentalismo

O Sustentalismo

Esse é o país do assistencialismo,
Ou melhor, do sustentalismo
Que sustenta o mesmo partido no Poder
E com esmola “sustenta”
A dependência do povo
Ao mesmo Partido.


O Lula não vai falar nada
Porque não "sabe de nada",
Não vê nada!
Nem mesmo quando 
O país é tomado por protestos!

Salomão Alcantra
J.Nunez

Poesia de Protesto: Esse é o grito de um país que parecia Mudo e adormecido nos estereótipos, Até ontem!

O que veja nas ruas do país...

O que veja nas ruas do país
É o grito de um povo
Que protestava,
Pedia e clamava
E o Poder se tava o luxo de ignorar...

Esse é o grito de um povo,
Que como um vulcão
Que entra em erupção
E destrói todos os estereótipos
Que alienou o povo,
Que alimentou o Poder
E gerou muito lucro...

O que vejo nas ruas do país
É o grito de um povo
Que viu na televisão o estupro ao vivo,
O descaso com os protestos contra a corrupção,
O desprezo pelos Abaixo-Assinados,
Os olhos fechados para o crime que assola o país,
As mentiras, as ilusões de progresso
De um país ridicularizado pelo assistencialismo
Que mantêm o mesmo Partido no poder...

O grito do povo é o meu grito
 Entalado na garganta,
Que agora sai violentíssimo!
Esse é o grito de um país que parecia
 Mudo e adormecido nos estereótipos,
 Até ontem!

José Nunes Pereira



quarta-feira, 19 de junho de 2013

O Brasil Acordou!

O Gigante Sul Americano acordou

Um gigante adormecia...
Um gigante latino americano
Acordou com a fúria de um vulcão
Que acorda de quinhentos anos de sono...
Um gigante que pensávamos
Que dormiria eternamente

Um gigante Sul Americano acordou furioso...
O descaso despertou o gigante...


José Nunes Pereira

terça-feira, 18 de junho de 2013

A POESIA E O PROTESTO

Está surgindo a poesia de protesto!
Poetas e artistas brasileiros,
Vamos engajar, 
Vamos protestar com a arte e a poesia...

José Nunes Pereira

A revolução do vinagre É uma luta contra o descaso histórico


Revolução do Vinagre

A revolução do vinagre
É uma luta contra o descaso histórico
E a pouca importância do poder público
Com a opinião pública...

A revolução do vinagre
É um grito de chega de nos ignorar!
Chega de nos tratar como país de chuteira...
Chega de alimentar esses estereótipos de povo negligente...
Disfarçado de pacifico!

Esse é um grito de um povo que está assumindo
A sua identidade de brasileiro.
Essa é a revolução do vinagre sem tomate
Porque não dá para comprar o tomate
 E nem a sesta básica!


José Nunes Pereira 

segunda-feira, 17 de junho de 2013

PROTESTO DOS INDIGNADOS

Um momento histórico
A sociedade indignada 
Protesta nas ruas do Brasil
Aos olhos do mundo.

A sociedade sai da alienação...
A sociedade que foi adormecida, 
Até o  momento, pelos esteriótipos delimitadores...
E pelo contexto contemporâneo de entretenimento, 
Consumismo e displicência...

A propaganda da Copa do Mundo relevou que
As mídias insistem nos esteriótipos que dá muito lucro 
E poder a elas e aos políticos, e  cegam e distraem o povo.

Hoje estamos assistindo o despertar de um povo indignado
Com a corrupção que corrói a estrutura e o sistema pública. 

José Nunes Pereira

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA