Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 8 de março de 2014

O caminho para a arte pós-contemporânea




Caminhos para a Arte

A arte moderníssima e conceitual 
É tão moderna que te faz refletir
Porque ela por si mesma não diz nada!

Se você não pensar vão dizer que você é idiota,
Se você falar, como eu estou falando,
Que a arte moderníssima não diz nada,
Vão dizer que você é um ignorante.

Se você falar algo, qualquer coisa!
Vão dizer que você é um ser pensante!
Pode falar qualquer bobagem, 
Menos, falar que ela não diz nada!

Na verdade ela diz sim, e diz muito!
Ela é a máxima representação da sociedade desestruturada, nivelada,
Teorizada, dispersa, informe, confusa, insana, 
Desqualificada, deformada, desvalorizada...
A pesar que arte moderníssima, 
na sua pretensão de ser muito,
Não sabe que ela é tudo isso.

É preciso uma arte de ideias paralelas                        
Em uma mesma tela,
De confrontos em uma mesma tela
Como nas telas de Brueghel
É preciso uma arte alegórica, fugitiva,  
Que diz o que a fotografia é incapaz de expressar...
Uma arte com o pé na realidade física, 
Representada alegoricamente,
Como na arte de Pawel Kuczynski
É preciso uma arte, que igual à poesia, vai ao mundo das ideias
E faz suas representações no papel.

Octávio Guerra
J.Nunez



Ao lado artes de  Pawel Kuczynski e Brueghel

quinta-feira, 6 de março de 2014

Sociedade contemporânea influenciada e moldada por celebridades.

Imperdível! Entrevista com a celebridade

Imperdível! Entrevista com a celebridade.
Ela não inventou nada,
Não vez um filme,
Não fez peça de teatro,
Não pinta, não borda,
Não escreve poema,
Não dança,
Não faz música,
Não tem cultura geral,
Não tem formação alguma,
Não é jornalista,
Não é colunista,
Não é dá política,
Ela não é nada...
Ela é sexual, isso ela é!
E a sensualidade não é mais coisa intimidade e particular;
Agora sensualidade é produto.
Ela só mostrou a bunda
E de vez em quando se esquece de por roupas intimas.
Ela não é nada;
Tudo bem que ser alguma coisa é só questão de status,
Porque o que importa mesmo é o que você tem...
Ela dará uma entrevista essa noite,
A população aguarda ansiosa pelo que ela tem a falar a nação.
Falará de sua cirurgia íntima,
Daquela vez que se esqueceu de colocar calcinha,
Falará que começou a fazer sexo com dez anos,
Falará que está namorando um jogador de futebol,
Falará do seu mini  taparabo,
Entre muitas revelações falará que é lésbica, circunstancialmente...

A celebridade compra tudo: o corpo, o carro, a casa, o sexo e o amor.
A celebridade troca de companheiro junto com a roupa no camarim,
E todos aplaudem suas traições e superficialidades...
A celebridade é um modelo a ser seguido.

A celebridade está ditando como devemos viver,
O que devemos vestir, o que devemos comer,
Como devemos nos comportar;
Até as putas dizem o que devemos fazer,
A celebridade é o padre, o  bispo, o papa, o bom pastor, o guia, o deus e o diabo...
Nosso guru materialista.

A celebridade é o espelho onde reflete a desvalorização humana...
A celebridade vende para os estrangeiros  
Nossos estereótipos de paraíso do sexo selvagem;
Vende tão bem que quando os turistas sexuais
Acabam de atravessar a fronteira já põe o pau pra fora,
Doidos para nos pegar!...

A sociedade do consumo acreditou na grande ilusão de progresso,
Cimentou seus quintais,  e agora tem que comprar até chuchu que antes dava trepado nas cercas...

Revolução de ambientalista radical
Crie galinhas no seu quintal....

Tenacidade, ordem, princípios, moral e outras coisas que não faço questão de dizer,
Agora é chatice, só é permitido ser frouxo...
Sou mais frouxo que as pernas de Dóris
Que dá mais que chuchu, que antes dava na cerca,
 E eu não tinha que comprar a preço de carne de segunda.

Eu desisti, não porque me cansei, mas porque não vale a pena!
Eu já desisti muitas vezes, e todas às vezes porque não vale a pena.
Por incrível que parece! Eu só não desisti de mim,
Certamente porque eu, de algum modo, valo a pena.

Abílio Santana

J.Nunez 

Justiça com as próprias mãos



Cronopoema do dia
Justiça Cega

O descaso do Estado mais laico do mundo
Está criando a sociedade bestial
Com sua justiça cega,
Justiça ou injustiça com as próprias mãos,
Justiça ou injustiça movida pelas emoçãos,
Justiça ou injustiça de sangue quente,
Justiça ou injustiça com os sentimentos à flor da pele...

Sabemos se foi justiça ou injustiça 
Depois da violência dos “justiceiros”.

O Estado no Brasil é tão Laico alienado
Que se ausenta da religião,
Da educação, da justiça, da saúde...

É cega a justiça com as próprias mãos,
É cego o povo que vive uma Ditadura
Alimentada com assistencialismo.

Salomão Alcantra

J.Nunez


quarta-feira, 5 de março de 2014

Sacrifício espiritual na sociedade do prazer e dos vícios.


"A LUTA ENTRE O CARNAVAL E A QUARESMA" de Brueghel


Sacrifícios na Quaresma

O sacrifício com intuitos espirituais fortalece a alma.
A quaresma e uma grande oportunidade
Para o sacrifício de nossos desejos, vícios e pecados...
Porém, somos a sociedade do prazer mundano...
Desconhecemos qualquer sacrifício em prol de nosso espirito,
Porque ignoramos o pecado e a existência de um mundo espiritual...,
Em todas as suas dimensões..

Somos capazes dos sacrifícios e abstinências mais absurdas
Em prol do prazer, do materialismo, do corpo, do vício e dos desejos mundanos...

A sociedade do consumo, do prazer,
Dos vícios, do materialismo, do narcisismo,  
Do desejo e dos entretenimentos sexuais...
É incapaz de sacrifícios, mortificações dos vícios e
Caridades em prol da alma,
Que deve ser preparada para a ressurreição (a pascoa)

O carnaval é a festa para despedirmos da carne
E entrarmos no sacrifício espiritual,
O carnaval não é uma mais a festa em que despedimos da carne
Com festas sadias,  danças e comidas. 
Na verdade não despedimos da carne nunca.

Nosso carnaval é sexo, vícios e abusos de todos os tipos.
O carnaval é a despedida da carne,
Porém, ficamos apenas na carne,
 Porque o espírito está morto.  

Albano Morais
J.Nunez


Poesia Dia das Mulheres


Poesia para o Dia Internacional das Mulheres


Para todas as mulheres do mundo
  
As mulheres de nossas vidas

São tantas as mulheres nas nossas vidas!
É companheira, mãe, irmã, amiga, professora, sogra, avó, prima, tia e filha...
São tantas as mulheres em nossas vidas,
São tantas!
E queremos sempre mais mulheres em nossas vidas.

Todas elas, resumindo, representam o amor...
Irmã é o cuidado de homem irmão,
Filha é o cuidado de pai,
Mãe é adoração de filho,
Tia é aquela que bem que poderia ser nossa mãe,
Prima é aquela que poderia ser nossa irmã,
Avó é a nossa mãe mais experiente,
A amiga e a amizade é a face mais incompreendida,
Sogra é a mulher a quem devemos mais,
Professora é uma composição de todos os sentimentos de ser mulher.

As mulheres nas nossas vidas me faz compreender
Que a vida seria impossível sem elas...
Se a vida fosse possível sem elas faltaria no mundo
Amor, sensibilidade, sentimentos e beleza.

Francisco Medeiros

J.Nunez  

domingo, 2 de março de 2014

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA